quarta, 07 fevereiro 2018 23:42

McLaren Senna vai passar dos 0 aos 100 km/h em 2.8 segundos! Destaque

Escrito por Aquela Máquina - CM
Classifique este item
(0 votos)

A primeira vez que o vimos foi em Dezembro mas só agora a McLaren resolveu divulgar os detalhes técnicos em torno do seu mais recente hiperdesportivo, o McLaren Senna. Já sabíamos que ia ser rápido mas agora que foram confirmados só há uma forma de descrever os números associados ao Senna: impressionantes! Ora veja o desfile de números: 0 aos 100 km/h em 2.8 segundos, 0 aos 200 km/h em 6.8 segundos, ¼ de milha (402 metros) em 9.9 segundos e uma velocidade máxima de 340 km/h.

Mas há mais! É que o Senna, que pesa apenas 1.198 quilos, é alimentado por um bloco V8 biturbo de 4.0 litros que debita uns incríveis 800 cv de potência (e 800 Nm de binário máximo) e consegue gerar 800 quilos de força descendente!

 

Depois disto, é difícil não olhar para o McLaren Senna como um dos automóveis mais radicais da actualidade. Mas outra coisa não seria de esperar, já que a McLaren o define como o derradeiro carro de competição para a estrada. O mesmo é dizer que este Senna foi levado ao limite para se aproximar o mais possível de um carro de competição mas sem perder a "autorização" para circular em estrada.

"A linguagem de estilo do McLaren Senna é extremamente agressiva e diferente de todos os anteriores McLaren – porque nenhum outro carro de estrada teve que cumprir um relatório tão intransigente", referiu Rob Melville, director de design da marca britânica. "Quando se vê o carro pela primeira vez sabe-se de imediato o quão focado ele é; para ir ao encontro dos objectivos de performance que temos tivemos que ir a um nível completamente diferente mesmo do McLaren P1", atirou.

E a verdade é que quando começamos a olhar para este Senna com atenção percebemos que Rob Melville não podia estar mais certo. A asa traseira hidráulica, por exemplo, pesa apenas 4.87 quilos mas pode suportar até 100 vezes este peso em força descendente, o enorme difusor traseiro é esculpido através de uma única peça de fibra de carbono, os bancos contam com uma espécie de concha em fibra de carbono desenhada e optimizada para garantir um design elegante e leve e, por fim, o sistema de som apesar de ser premium e contar com sete altifalantes foi desenvolvido em parceria com a Bowers & Wilkins e pesa apenas 7.32 quilos!

Todas as gramas foram "pesadas" e só restaram as essenciais, já que nesta "caça" pelas "performances" tudo conta. Mas esta "dieta" não explica tudo. Sem a caixa automática de sete velocidades e dupla embraiagem, o sistema RaceActive Chassis Control II, sem todos os apoios aerodinâmicos, sem os pneus Pirelli P Zero Trofeo R feito à medida e sem os travões carbocerâmicos este Senna não era capaz de ser a "máquina" que é.

 

Tudo junto faz com que não tenhamos dúvidas em afirmar que este Senna será um dos McLaren mais espectaculares de sempre. Mas infelizmente só 500 pessoas o vão conseguir ter na garagem, já que se trata de uma edição bastante limitada. O preço de cada uma das 500 unidades rondou os 850 mil euros, antes de impostos, e segundo a McLaren ficaram todas reservadas mesmo antes do carro ter sido mostrado ao público.

A produção só arranca no terceiro trimestre deste ano mas saiba que o Senna será a peça central do stand da McLaren no Salão Automóvel de Genebra, nos primeiros dias de Março.

Ler 51 vezes Modificado em quarta, 07 fevereiro 2018 23:54

Deixe um comentário

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.

Login