sábado, 25 março 2017 15:59

FC Porto vence Midtjylland na Taça EHF em andebol Destaque

Escrito por O Jogo
Classifique este item
(0 votos)

Derrotada na Dinamarca por 29-26, a equipa portuguesa deu a melhor resposta na receção à equipa nórdica, que bateu e afastou da luta pelo apuramento.

Com as duas equipas a precisar de ganhar para aspirarem à qualificação para os quartos de final, a formação nortenha demorou a mostrar o seu melhor, valendo-lhe a assertividade do croata Nikola Spelic (cinco golos) na fase em que os dinamarqueses comandaram o jogo.

A meio da primeira parte, a equipa portuguesa logrou a primeira vantagem (8-7) e, apesar de até ao intervalo consentir por três vezes o empate (10-10, 11-11 e 13-13), a pontaria de Leandro Semedo e de Cuni Morales levaram a vantagem portista para os três golos (16-13), reduzida por Eivind Tangen em cima do 30.º minuto.

Kasper Gudnitz, por seu lado, revelou-se uma peça importante na formação dinamarquesa, convertendo os quatro livre de sete metros da sua equipa até ao intervalo.

Com Alfredo Quintana a pontificar na baliza portista no início da segunda parte, o FC Porto foi paulatinamente aumentando a vantagem, que chegou a ser de seis golos (22-16), numa fase em que António Areia, no contra-ataque, fez a diferença para os portugueses.

A meio da segunda parte, a equipa dinamarquesa parecia ter entregado o jogo, revelando-se incapaz de bater Quintana e uma defesa tão agressiva quanto eficaz do 'sete' portista.

Afastada a eventualidade de uma eliminação precoce, a equipa portuguesa joga na última jornada em casa do Goppingen, líder isolado no grupo, mas que na terceira jornada foi derrotado no Porto (23-22).

Jogo no pavilhão Dragão Caixa, no Porto.

FC Porto - Midtjylland, 33-25.

Ao intervalo: 16-14.

Sob a arbitragem dos lituanos Ivars Cernavskis e Edmund Bogdanovs, as equipas alinharam e marcaram:

- FC Porto: Hugo Laurentino (gr.), Leandro Semedo (3), Nikola Spelic (5), Cuni Morales (4), Gustavo Rodrigues (2), Miguel Martins (2), Rui Silva, Daymaro Salina (2), Felipe Santaela (3), José Gutierrez (1), Ricardo Moreira, Alexis Borges (2), Hugo Delgado (1), António Areia (7), Marko Matic (1) e Alfredo Quintana (gr).

Treinador: Ricardo Costa.

- Midtjylland: Lars Rismark (gr.), Eivind Tangen (1), Oliver Bondrop (2), Andreas Slundt, Rasmus Carlsen (2), Jacob Ostergaard, Mathias Pilgaard, Denis Kirkegaard, Bastian Straede (2), Kristian Gjessing (2), Lars Jakobsen (6), Kasper Gudnitz (5), Casper Sorensen (5) e Tim Winkler (gr).

Treinador: Morten Secher.

Marcha do marcador: 1-2 (05 minutos), 4-6 (10), 8-7 (15), 11-11 (20), 14-13 (25) e 16-14 (intervalo), 18-15 (35), 19-16 (40), 24-16 (45), 26-20 (50), 29-22 (55) e 33-25 (final do jogo).

Assistência: cerca de 1.000 espetadores.

Ler 926 vezes Modificado em domingo, 26 março 2017 16:06

Deixe um comentário

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.

cpr certification online
cpr certification onlinecpr certification online

Login