domingo, 13 agosto 2017 11:01

Ouro e recorde do mundo na marcha para Inês Henriques Destaque

Escrito por
Classifique este item
(0 votos)

Primeiro ouro para Portugal. Atleta portuguesa é a primeira vencedora da prova dos 50 km marcha em Mundiais.

A atleta portuguesa Inês Henriques sagrou-se neste domingo campeã do mundo nos 50km marcha , em Londres. Mais: fê-lo com um novo recorde do mundo. Cereja em cima do bolo: é a primeira mulher, uma pioneira, a vencer esta distância em campeonatos do mundo, uma vez que é uma estreia desta prova no elenco dos Mundiais. O tempo oficial: 4h05m56s.

Inês Henriques, atleta do CN Rio Maior, de 37 anos, foi cronometrada em 4:05.56 horas, batendo o seu recorde mundial, que estava fixado nas 4:08.25 horas e datava de 15 de janeiro de 2017, em Porto de Mós.

Até chegar a Londres, Inês Henriques tinha no currículo três participações olímpicas, a última das quais no Rio2016, onde alcançou o 12º posto nos 20 km marcha. A atleta conta ainda um sétimo posto nos Mundiais de 2007 e um nono nos Europeus de 2010, sempre na distância dos 20 km.

A prova de 50 km marcha femininos é uma novidade em Mundiais de Atletismo e uma conquista arrancada a ferros.

Para a estreia da distância para mulheres na competição organizada pela Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF) estavam apenas inscritas sete mulheres, por isso a prova decorreu em conjunto com a masculina.

Na prova masculina desta mesma distância, o título mundial vai para Yohann Diniz, francês de origem portuguesa, que marchou os 50km em 3h33m11s, apagando a má imagem deixada nos Jogos do Rio 2016. O português João Vieira terminou à beira do top 10, no 11.º lugar, com o tempo de 3h45m28s, a apenas 11 segundos de distância do seu recorde nacional. Uma prestação positiva para o marchador.

Triplo campeão europeu, o atleta cortou a meta isolado com a bandeira do seu país, garantindo, aos 39 anos, o seu primeiro título e campeão do mundo, com um tempo que é recorde do campeonato e o segundo melhor tempo de sempre – Diniz é o recordista mundial: 3h32m33s, estabelecido há três anos.

Outro feito digno de nota deste neto de português que foi campeão europeu por França, com a bandeira de Portugal na mão: aos 39 anos, Yohann Diniz "torna-se o atleta masculino mais velho a reclamar uma medalha de ouro na história dos campeonatos do mundo de atletismo", segundo o site da federação internacional de atletismo, que rege a modalidade e os campeonatos. Nos restantes lugares do pódio masculino ficam dois japoneses, Hirooki Arai (prata) e Kai Kobayashi (bronze). Os dois compatriotas cortaram a meta com dois segundos de diferença, mas a grande distância, 8m05s, do vencedor

Ler 679 vezes Modificado em domingo, 13 agosto 2017 11:28

Deixe um comentário

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.

cpr certification online
cpr certification onlinecpr certification online

Login