domingo, 11 fevereiro 2018 13:07

Telma Monteiro sétima no Grand Slam de Paris Destaque

Escrito por DN/Lusa
Classifique este item
(0 votos)

A judoca portuguesa Telma Monteiro foi este sábado sétima nos -57kg do Grand Slam de Paris, posição idêntica à conseguida por Mariana Esteves (-52kg) e João Crisóstomo (-66kg).

A medalha de bronze nos Jogos Olímpicos Rio2016 derrotou a costa-marfinense Abzetta Dabonne e a romena Ohai Loredana, antes de 'cair' no acesso às meias-finais, perante a japonesa Tsukasa Yoshida, prata no Mundial de 2017.

Na respescagem, Telma Monteiro acabou por perder com a sul-coreana Kim Jisu.

Mariana Esteves teve uma prestação idêntica à de Telma Monteiro, com dois triunfos a abrir nos -52kg, sobre a canadiana Ecaterina Guica e a israelita Gili Cohen, antes de perder com a belga Charline Van Snick, campeã europeia em 2016, e com a kosovar Distria Krasniqi.

Também na repescagem 'caiu' João Crisóstomo, frente ao alemão Sebastian Seidl, depois de ter sido afastado das meias-finais de -66kg pelo japonês Norihito Isoda.

Antes, Crisóstomo tinha afastado o espanhol Alberto Gaitero Martin e o azeri Tarlan Karimov.

Quanto aos outros atletas, Jorge Fernandes (-73kg) ficou isento do primeiro combate e perdeu depois contra o norte-americano Alexander Turner, pelo que, no final, fez um balanço positivo ainda que pudesse "ter arriscado um pouco mais".

"Desde Tóquio, venho um pouco condicionado no treino, um toquezito numa anca, e agora estou a voltar aos treinos a 100% e acho que precisava de um pouco mais de tempo de treino sem estar condicionado, porque sinto que me faltou um bocado a confiança nos ataques", declarou, sublinhando que perdeu no ponto de ouro contra um cabeça de série.

Joana Diogo (-48kg) foi eliminada na primeira ronda contra a espanhola Julia Figeroa e disse que a deceção foi maior porque a adversária não tem um nível superior ao dela.

"Era uma adversária que eu já conhecia. Estava confiante, porque normalmente os nossos combates são assim renhidos. Não consegui levar a melhor desta vez. Não correu tão bem como esperava", declarou a atleta de 22 anos que é 20.ª mundial na sua categoria.

Catarina Costa (-48kg) também foi eliminada na estreia contra a francesa Mélodie Vaugarny, o que a deixou "muito desapontada", porque se tratava de um combate ao seu nível.

"Estive bem. Podia ter marcado algumas vezes, não consegui concretizar e ela foi feliz numa situação, marcou 'waza-ari'. Não consegui dar a volta e obviamente saí muito triste apesar de ser a minha estreia, sabia que podia ir um pouco mais longe", afirmou a atleta de 21 anos que conquistou a medalha de bronze no Open Europeu de Odivelas, a 03 de fevereiro.

João Abreu (-60kg) perdeu no primeiro combate contra o francês Vincent Limare e Nuno Saraiva (-73kg) foi eliminado à primeira ronda contra o francês Pierre Duprat.

Nuno Saraiva afirmou ter saído do combate "com pontos positivos" em comparação com a última vez em que enfrentou o mesmo adversário, em dezembro, considerando que "não foi um combate fácil como é de esperar no torneio de Paris".

Este domingo, entram em ação Yahima Ramirez (-78kg), João Martinho (-81kg), Anri Egutidze (-81kg) e Jorge Fonseca (-100kg).

Ler 60 vezes

Deixe um comentário

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.

Login