quarta, 19 agosto 2015 11:02

Telma Monteiro aponta a uma medalha Destaque

Escrito por
Classifique este item
(0 votos)

 

Telma Monteiro olha para os Mundiais de Astana, que vão realizar-se entre 24 e 30 de agosto, com a ambição de sempre, a de chegar ao pódio.

 

"Esse é o meu objetivo, era uma boa maneira de celebrar os dez anos da minha primeira medalha [em Mundiais], estou melhor do que estava no campeonato da Europa [Jogos Europeus em Baku], que foi uma prova bastante dura e na qual consegui um bom resultado [1.ª]", referiu a judoca esta terça-feira.

 

Telma, que em Mundiais conquistou quatro medalhas de prata e uma de bronze [a primeira, de bronze, em 2005], está, porém, bem consciente das dificuldades que a esperam, lembrando que num momento tudo se pode perder.

 

"Podemos ter sempre adversárias muito fortes e candidatas às medalhas logo no primeiro combate e podemos não conseguir passar, o que já me aconteceu, felizmente poucas vezes", salientou a judoca do Benfica.

 

O Mundial acaba por ser a competição mais parecida com o que os judocas poderão encontrar daqui a um ano nos Jogos Olímpicos, mas com a agravante que cada país poderá ter duas judocas em prova, enquanto no Rio de Janeiro a quota será apenas de um.

 

"Vão entrar duas francesas, duas japonesas, se uma já dá trabalho... Vou manter-me com o pensamento que o meu lugar é lá em cima, consciente de que é um dia longo até conquistar esse lugar", concluiu Telma Monteiro.

 

Em Astana Portugal contará em femininos com Leandra Freitas (-48 kg), Joana Ramos (-52 kg), Telma Monteiro (-57 kg), Ana Cachola (-63 kg) e Yahima Ramirez (-78 kg) e em masculinos com Nuno Carvalho (-60 kg), Diogo César e Sergiu Oleinic (-66 kg), André Alves e Jorge Fernandes (-73 kg), Carlos Luz e Diogo Lima (-81 kg) e Célio Dias (-90 kg).

Ler 1142 vezes Modificado em quarta, 19 agosto 2015 11:02

Deixe um comentário

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.

Login