sábado, 11 fevereiro 2017 22:49

Neuville despista-se, Latvala aproveita e sobe ao comando no rali na Suécia Destaque

Escrito por
Classifique este item
(0 votos)

Um mau cálculo no hipódromo fê-lo embater numa barreira e despistar-se e assim fica de fora da discussão da corrida.

Uma saída de pista no último troço destruiu hoje a ambição do belga Thierry Neuville (Hyundai) de vencer o Rali da Suécia, beneficiando o finlandês Jari-Matti Latvala (Toyota), novo líder a um dia do fim.

 

Neuville comandava a prova com confortáveis 43 segundos quando faltava a super especial de Karlstad (1,9 quilómetros), mas um mau cálculo no hipódromo fê-lo embater numa barreira e despistar-se, partindo a direção e ficando sem uma roda, acabando assim com as suas possibilidades de êxito.

 

Esta é a segunda prova consecutiva que lidera e tem de abandonar devido a erro, à semelhança do que aconteceu em janeiro em Monte Carlo, também antes do último dia.

 

“Todos sabemos o que aconteceu em Monte Carlo. Pode acontecer qualquer coisa, pelo que devemos ter realmente cuidado”, disse, antes do troço fatídico de hoje.

Aproveitando a má sorte alheia, Latvala parte para a derradeira jornada, com apenas três troços, com 3,8 segundos de vantagem para o estónio Ott Tanak (Ford) e 16,6 sobre o francês Sebastien Ogier (Ford), tetracampeão mundial e atual líder do campeonato.

 

A prova deve ficar decidida entre este trio, já que o quarto classificado, o espanhol Dani Sordo (Hyundai), está já a 1.39 minutos.

 

Latvala procura a 17.ª Vitória em provas do Mundial e a quarta na Suécia, depois de 2008, 2012 e 2014, enquanto Tanak, que hoje venceu as primeiras três especiais, tentar o seu primeiro triunfo no Campeonato do Mundo, no qual tem como melhor registo três terceiros lugares.

Conteúdo publicado por Sportinforma

Ler 162 vezes

Deixe um comentário

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.

Login